Pasárgada é o paraíso de uma mulher que vive a diversidade que lhe permite a história. Uma curiosa ardente que julga ser possível dentro da magnitude complexa dos sentimentos desvendar os mistérios guardados onde nem mesmo a razão ousaria chegar.

ROSAS DO CERRADO



"Circunda-te de rosas, ama, bebe e cala. O mais é nada."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário